“EU QUERO MEU FEICE DE VOLTA!!”

id card

No RG eles são nove. Mas, se você for olhar no CPF e na Carteira de Habilitação, aumentam para onze. Uma média de dez números nos identificam para a maioria das necessidades envolvendo documentos, cadastros e formulários. Até bem pouco tempo, isso bastava para que você estivesse inserido no coletivo.

Alguns, podem afirmar que a individualidade permanece no nome. É coisa pra vida toda!”. Não é mais. Em vários casos, a escolha de pai e mãe não é mais soberana. Basta lembrar do recente caso do Thiago de Castro que passou a responder por “Doutora Laura”.

Fato é que as instituições tradicionais já não nos definem. Somos tão complexos e adotamos tantas variáveis ao longo da vida que, na verdade, nos tornamos muitos.

Atualmente, para existir, necessitamos de uma identidade digital. O Facebook acaba de completar dez anos e muita gente entrou – ou foi obrigada a entrar – para não sumir do mapa. Ter um “nick” é ter um “nome”. Ter um “perfil” é ter uma “vida”. E ter “seguidores” é ter “amigos”.

Então, perder qualquer um desses elementos provocaria um efeito dominó que faria o sujeito deixar de existir? Achou um exagero? Pois, então, conheça Romagaga.

O mundo de Romagaga caiu quando seu Facebook foi vítima de um ataque de bullying sincronizado. Segundo ele(a), um grupo homofóbico reportou como “ofensivo” o seu perfil. O resultado foi o fechamento sumário e toda a perda do conteúdo postado – a maioria, vídeos em louvor de Lady Gaga.

Pouco importa com quem está a razão. O estrago foi feito.

Em dado momento do vídeo, Romagaga, dá seu último suspiro: “- Agradeço a todos vocês que ficaram comigo até o último dia. Agora, não faz mais sentido continuar”. O desabafo, apesar de alegórico, parece sinceramente doído. Fruto de quem construiu sua existência nos pilares da rede. Puxou o plugue, perdeu tudo.

Realizei uma enquete nada formal pelo Facebook e o Twitter. Muita gente alegou que daria pouca importância se, por algum motivo, bloqueassem suas contas nessas redes. Numa escala que variava de 1 até 10, a maioria ficou entre 5 e 7. Alguns, que julgo mais sinceros, se posicionaram lá pelo 8.

O melhor relato foi: “Tenho saudades dos tempos sem Facebook. E, hoje, o sistema de recompensas do meu cérebro está viciado no seu prazer fácil e imediato. Pro bem e pro mal, o impacto de uma vida sem FB seria alto. Dou-lhe um 10”.

Estamos o tempo todo falando da construção consciente de uma identidade digital. Mas e quando são os outros que assumem esse controle?

Esta semana, um caso curioso aconteceu na estreia da nova novela das nove. Manoel Carlos, o autor de “Em Família”, tem uma predileção por personagens centrais com um mesmo nome. Em todas as suas tramas existe uma “Helena”. Dessa vez, não foi diferente. E, no Twitter, lugar onde a tv é comentada em todo seu potencial, a Helena de Manoel Carlos ganhou vida.

he

Helena Price é uma fotógrafa americana que vive em São Francisco. Não conhece sua xará das novelas e jamais pisou por aqui. Virou meme por conta do bom humor brasileiro. Toda vez que alguém queria falar da personagem de Manoel Carlos no Twitter, tascava um arroba antes de seu nome. Daí em diante, toda vez que alguém fazia isso, @helena recebia a mensagem pela Helena da novela.

A brincadeira foi tanta que, em apenas 3 dias, ganhou mais de 4.000 seguidores. Ela passou a conhecer um pouco mais da nossa cultura, disse que vai assistir a “soap opera” se ela for exibida por lá e até se espantou ao trocar alguns tweets com nossa fake presidenta, a Dilma Bolada. Desse dia em diante, Helena que nasceu no berço da Família Price, teve sua identidade digital modificada para sempre. Ela já pensa em vir ao Brasil para conhecer um pouco mais do povo que fez dela mais uma efêmera personalidade da internet.

Atualização: Acabo de ver que ela, além de fótografa, acrescentou algo ao seu perfil do Twitter: “brazilian soap opera star”.

A.R.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s