NOTA 3 PARA O TESTE DE TURING

keep-calm-and-boa-prova

 

Se você fizesse uma prova e tirasse nota 3, consideraria que foi aprovado?
E, se além de tudo, ainda pudesse cometer uns erros de português, teria orgulho de passar no teste?
Foi mais ou menos isso o que aconteceu semana passada, quando alguns pesquisadores afirmaram que um computador passou no Teste de Turing.
O desafio surgiu nos anos 50.
Ele consiste numa máquina se passar por uma pessoa e conseguir, durante uma conversa, enganar um humano que esteja do outro lado da tela.
No teste organizado pela Universidade de Reading, um programa de computador finge ser um garoto russo de 13 anos.
Eugene (nome falso do menino) conseguiu enganar 10 dos 30 jurados que participaram do experimento.

captcha-no-longer-effective-for-turing-test1
Nos últimos anos evoluímos muito na inteligência artificial.
Combinando a técnica com o aumento da velocidade dos processadores – e com o volume de informações disponíveis – supercomputadores conseguiram feitos incríveis, como o Watson da IBM.
Os próprios assistentes pessoais (Siri e companhia) muitas vezes são tão precisos que acreditamos estar conversando com pessoas.
Mas ainda estamos longe de chegar em algo parecido com o filme Her.
A comemoração da “vitória” do Teste de Turing é precipitada.
Pra dizer a verdade, em tese, o teste deveria ser considerado defasado, porque não avalia o componente mais importante da comunicação: a não verbal.
Os olhares, o gestos, tudo isso conta muito numa conversa.
Quer dizer, deveria contar.
Na prática, o que estamos vendo é um processo de intensificação do texto, com uma linguagem semelhante a falada, só que bem simples.
Nesse caso, não seria preciso um avanço tão grande assim no campo da inteligência artificial.
Basta uma boa interpretação.
E respostas, apenas em texto, de maneira telegráfica.
Ou seja, é possível que o Teste de Turing acabe sendo batido, não tanto por uma evolução computacional e sim pela simplificação da nossa linguagem.
Vamos tirar 10 na prova.
Resta saber se teremos orgulho disso.

R.C.

Anúncios

Um comentário sobre “NOTA 3 PARA O TESTE DE TURING

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s