JORNALISMO REAL + VIRTUAL

oculus-rift-vr


Volta e meia elas aparecerem no noticiário.
As “artes” ou “ilustrações” ajudam o leitor e o telespectador a entender melhor os fatos.
Substituem imagens, quando elas não existem, ou facilitam compreensão, a partir de detalhes criados no computador.
A evolução tecnológica trouxe um realismo muito grande para essa área.
Veja, por exemplo, a simulação no vídeo abaixo do acidente com o avião em que viajava Eduardo Campos.

simulador


A computação gráfica permite que vídeos assim sejam feitos com alta qualidade e em muito pouco tempo, algo fundamental para o jornalismo.
Mas ainda há muita coisa pela frente.

Uma das grandes apostas é o uso de realidade virtual nas redações.

Imagine recriar uma cena tridimensional em que o espectador possa “ver” de perto o que aconteceu.
Já existe tecnologia capaz de fazer isso, ainda que em estágio inicial.
São os óculos de realidade virtual, como o Rift.
O grande impulso está no mercado de jogos.
Mas é o tipo de equipamento que serve para várias áreas, inclusive o jornalismo.
Poucas pessoas estão trabalhando nisso no campo da comunicação.
Uma delas é a diretora Nonny de La Peña.
Ela desenvolve projetos na área do “jornalismo imersivo“.
Nonny acredita que a realidade virtual pode fazer com que as pessoas a se sintam testemunhas dos fatos.
Além das imagens, o áudio é recriado, aumentando a sensação de estar no local.
Abaixo ela explica um pouco do projeto “Síria”.


Em breve a realidade virtual vai fazer parte do jornalismo.
Mas acredito que possa haver também um cruzamento desse tipo de tecnologia com conteúdo 100% real.
Basta que os cinegrafistas passem a usar câmeras 360 graus, feitas especificamente para os óculos.
Você pode ter uma ideia de como seria o resultado final no site da empresa Condicion One.
Mexa no mouse enquanto o vídeo é exibido.
Quando todos esses recursos forem reunidos, e se tornarem viáveis comercialmente, aí sim vamos poder “sentir” a notícia como se estivéssemos nos locais dos acontecimentos.
Resta saber se, ao chegarmos em casa, cansados do trabalho, vamos ter disposição e coragem para ver e ouvir todos os detalhes do mundo real.


Rafael Coimbra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s