O FACEBOOK DO DINHEIRO

A Libra não é o dinheiro do Facebook: é o Facebook do dinheiro.
Se a maior rede social do mundo criasse uma criptomoeda isso já seria um feito incrível.
Mas a Libra não é só isso.
É a tentativa de inventar uma Rede Social do dinheiro.
Simples, rápida, barata, desburocratizada, confiável (cof, cof, cof..), reconhecida e transacionada por qualquer pessoa, não importa onde ela esteja.
É grande parte do antigo sonho do Bitcoin, de outras criptomoedas e de diversas fintechs espalhadas pelo mundo.
Só que num grau ainda mais ambicioso.
O conceito por trás da Libra é o de ser uma Plataforma das Plataformas.
Não necessariamente ter produtos e serviços, e sim conectar pontas (para vender produtos e serviços).
O pulo do gato foi reunir várias plataformas gigantes e propor um ecossistema comum.
Assim os pagamentos digitais vão fluir entre empresas-plataformas, por meio de uma grande plataforma financeira.
Visa, Mastercard, Paypal, Ebay, Lyft, Uber, Spotify… são todas parceiras no projeto.

calibra

Não vou entrar nos detalhes técnicos da Libra enquanto moeda.
Basicamente ela será criptografada, com tecnologia blockchain, lastreada, relativamente estável e descentralizada, mas controlada por uma espécie de consórcio.
É um desafio gigantesco em termos de escala e segurança, mas não impossível.
Ainda assim isso seria apenas a base da transformação.
A grande ideia, ao meu ver, é criar um sistema financeiro “invisível”, de modo que as pessoas não percebam o volume absurdo de tecnologia que existirá por trás da plataforma.
Se você puder comprar um produto com uma curtida e o vendedor receber o dinheiro imediatamente do outro lado isso vai mudar o mundo.
Quando eu digo curtida, pode ser um click no celular ou um sorriso diante da câmera.
Em qualquer plataforma de mensagem (Facebook, WhastsApp, Instagram), com qualquer outra plataforma (Uber etc.) por meio dessa nova plataforma-mãe.
Os micro pagamentos vão se popularizar.
Será possível doar, transferir, poupar… qualquer coisa, com 1 centavo por exemplo.
Ninguém precisará fazer conta, converter, ver cotação, registrar, cadastrar…
Uma parte da burocracia/regulação bancária continuará existindo.
Só que em segundo plano. Ninguém vai prestar atenção nela.
Essa é uma estratégia diferente de outros modelos que tentam se tornar um sistema financeiro paralelo.

crypto

A Libra provavelmente não vai substituir imediatamente moedas nacionais nem eliminar bancos centrais etc.
Boa parte das grandes instituições vai permanecer onde está. E com poderes reguladores.
Mas simplesmente esqueceremos que esse mundo financeiro tradicional existe.
O WeChat, na China, faz isso de certa forma.
É um super aplicativo com pagamentos ultra simplificados. Sem fricção, de forma fluida.
Se o Facebook tentar criar o próprio universo financeiro, na base da auto-regulamentação, vai enfrentar resistência de governos e consumidores.
Mas se criar apenas uma camada tecnológica pavimentada acima da atual, para agilizar pagamentos do velho mundo, terá chances de prosperar.
A chave do sucesso está mais no conceito de Rede Social (ou Comércio Social) do que uma nova moeda ou um grande banco.
Em breve veremos nascer o Facebook do dinheiro.

(Rafael Coimbra)

Anúncios

Um comentário sobre “O FACEBOOK DO DINHEIRO

  1. Atenção também para a intenção de criar uma identidade universal auto-soberana, o que é considerado o Santo Graal dos serviços digitais, que vão viabilizar certos serviços “bancários” mais complexos do que só transferência de valores, onde isso é essencial, mas muito mais ainda. Ha bilhões de pessoas sem identificação no mundo! A transformação pode, como vemos, ser ainda maior!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s